Como Criar suas Metas para 2022

Guia do Conteúdo

Você também passou o ano novo cheia de metas incríveis para 2022 e de repente desanimou? Não deu nem dois meses e você já percebeu que manter a consistência é mais difícil do que você pensava?

Isso é o que acontece na maioria das vezes: começamos o ano super animadas, cheias de sonhos e de repente vamos minguando e nos perdendo dos nossos objetivos.

Pensando nisso, eu separei 6 dicas que vão te ajudar a ter um ano mais produtivo utilizando técnicas simples e eficientes de LifeCoaching. Essas técnicas eu aplico de forma mais aprofundada com meus alunos e alunas, mas já vão fazer uma baita diferença na sua vida.

Vamos nessa? =)

metas 2022

1. Pra quem não sabe pra onde vai, qualquer caminho serve!

Talvez você esteja à deriva e nem sequer se deu conta disso! A verdade é que nos tornamos robôs, ligamos no piloto automático e só vamos pra onde todos dizem que é pra ir.

Mas você pode dizer NÃO a esse padrão sistêmico. Você pode parar no meio da multidão e se QUESTIONAR pra onde está indo. Qual é o propósito de acordar todos os dias e fazer a mesma santa coisa? Você pode buscar as respostas que nunca te deram e, acredite: vai se surpreender quando encontrá-las.

Então esse ano, concentre-se na busca pelo seu caminho, pela sua verdade e seus valores!

2. Um objetivo não é uma meta!

Objetivo é seu horizonte. É aquele sonho, aquele ideal que você quer alcançar. Quando visualizamos um objetivo normalmente nos sentimos muito bem! Quando fechamos os olhos e imaginamos ele alcançado a gente se sente feliz, realizado, otimista, poderoso, capaz de alcançar qualquer coisa!

Poréééém há uma grande diferença entre a expectativa que você cria com o alcance daquele objetivo e o fato de você realmente alcançá-lo! Sabe aquela famosa frase: “querer não é poder”?

Aqui a gente não acredita nisso, pois já vi viradas milagrosas acontecerem com clientes meus que é de cair o queixo. Mudanças incríveis e inesperadas acontecem em apenas 1 mês, então sim: QUERER É PODER.

Só que não basta só querer!!!! Tem que FAZER. E fazer bem feito!!!! Porque fazer por fazer, aleatoriamente, também abre brecha para você colher resultados aleatórios.

E é aí que entra a tal da Meta. A meta representa cada passinho que você vai dar para alcançar aquele objetivo. Imagina que seu objetivo é chegar em um castelo. Você fecha os olhos e consegue visualizar esse castelo, ouvir o barulho das árvores à sua volta, percebe a textura das pedras e toda a sensação de estar na frente deste castelo. Mas para você chegar ao castelo existe uma estrada e um caminho a ser percorrido.

As metas são os paralelepípedos da estrada que te fazem chegar ao castelo. Percebe?! Cada pecinha, ou seja, cada meta é um passinho adiante que você dá para alcançar seu grande objetivo.

Por isso é MUITO importante saber montar uma meta! Porque se você construir uma estrada tortuosa e cheia de buracos e furos, o caminho tende a ser mais longo e desafiador para chegar no seu castelo! Tendeu?

Logo abaixo vou te ensinar uma técnica incrível de boa formulação de metas. Aguarda só mais um pouco e acompanha meu raciocínio.

3. Uma meta não é um sonho!

Só para eu ter CERTEZA que você entendeu: uma meta NÃO é um sonho! Sonho é aquela coisa cheia de unicórnios, estrelinhas e que dá frio na barriga gostoso só de pensar! Uma meta é aquela coisa prática, pragmática, direta e reta e muitas vezes até chata de tão correta e transparente que é.

Metas não têm firulas nem frio na barriga e sorriso no canto da boca. Metas representam aquilo que deve ser feito e ponto. Sem mimimi, sem chororô. Se não fizer, não alcança os unicórnios e borboletas do sonho. Simples assim!

4. Se você não tem uma meta eu tenho uma pra você!

Aí você pode me gritar desesperada e me falar: “Raaaaayy! Eu não sei nem se tenho objetivo!!!! Mal sei o que quero da minha vida, que dirá ter uma meta!!! O que eu façooooo?”

Normalmente é assim que vocês me escrevem no direct, rs!!! Quando vejo esse “Raaaayyy” sei que lá bem bomba!!! haha. Calma que eu tenho a solução pra você que está nesse grupo.

Se você não tem um objetivo muito claro, muito menos uma meta pra acançá-lo: a sua meta é CRIAR UM OBJETIVO!

Afinal, se você não tem um único objetivo na sua vida, porque cargas d’água você está nessa existência? Todos nós, humanos, precisamos nutrir dentro de nós um sentido de propósito na vida!!!! E se você ainda não sabe qual é o seu propósito, seu plano é encontrar um propósito.

O que te motiva a acordar todos os dias? Por que você faz o que faz? Por que você faz essas escolhas sempre (na sua alimentação, nos seus relacionamentos, na profissão, no financeiro) e não outras?

Será que é por que DIZEM pra você que a vida é assim? Será que é porque você tem medo de errar? Ou de ser julgada? Será que é porque você nunca parou pra pensar que talvez seja legal ser diferente e viver de acordo com os seus próprios valores pessoais?

Por falar nisso: você sabe quais são seus valores pessoais?! Se não souber tá aí um ótimo começo. Porque enquanto você não souber o que te norteia, claramente não vai ter condição de sair da situação que se encontra.

Uma solução para este caso é encontrar alguém que possa te dar a mão nesse momento de tantas dúvidas e medos e te mostrar um caminho que faça sentido pra você. Alguém que te faça as perguntas certas para você refletir e com base nas respostas que VOCÊ encontrar, você terá o prazer de conhecer um pouquinho mais de si mesmo. E acredite: mágicas acontecem quando mergulhamos no nosso mundo interior.

Técnicas como Coaching, ThetaHealing, Programação Neurolinguística, Cura Quântica, Astrologia são ótimas para abrir sua consciência para essas questões e começar a iluminar e clarear as respostas sobre QUEM VOCÊ É!

5. Como criar uma meta S.M.A.R.T.

Agora que estamos mais alinhados e conscientes do que é um sonho e uma meta, vamos à ferramenta. A meta S.M.A.R.T. é uma das principais ferramentas que uso no Coaching, para que o meu cliente aprenda a traçar metas boas e altamente eficazes para alcançar qualquer objetivo que ele tenha!

  • Por que S.M.A.R.T.?

S = Specific (específica)

M = Measurable (mensurável)

A = Attainable (atingível)

R = Relevant (relevante)

T = Time based (temporal)

  • S – Meta Específica

Uma meta precisa ter o máximo de detalhes e ser o mais específica possível. Para atingir esse nível, faça a si mesmo as seguintes perguntas:

Que tarefas são ESSENCIAIS para eu alcançar meu objetivo?

O que se eu NÃO fizer vai comprometer todo o meu trabalho?

O que eu posso fazer AGORA para chegar mais perto do meu objetivo?

Como eu vou fazer?

Quando eu vou fazer? 

Com quem eu vou fazer?

Onde eu vou fazer?

  • M – Meta Mensurável

Você precisa tem um parâmetro para saber claramente quando atingiu sua meta! Você precisa enxergar os resultados do cumprimento daquela meta. Por isso você vai se perguntar:

Que resultado vou obter quando bater essa meta?

Quando alcançar minha meta o que estarei vendo, ouvindo e sentindo ao meu redor?

  • A – Meta Atingível

Quando falamos de meta, a gente não trabalha com expectativas e sim com realidade. Por isso a meta precisa ser realista, precisa ser atingível para você, caso contrário só vai te trazer ainda mais frustração e desmotivação.

Metas desafiadoras são diferentes de metas inatingíveis e só você pode definir o melhor limiar para você!

Pergunte-se:

É possível atingir essa meta?

Como vou atingí-la?

  • R – Meta Relevante

Se essa meta for minimamente “tanto faz, tanto fez” para você ela já está fadada ao fracasso. Ela precisa significar algo importante para você, algo que você espera, que você anseia alcançar.

Esse será o seu fator de motivação. Aquilo que te move em direção aos seus sonhos e a famosa resposta para a pergunta: “Por que você faz o que faz?”

O resultado que terei com essa meta é relevante? 

Por que alcançar essa meta significa tanto para mim?

Como alcançando essa meta vou conseguir impactar positivamente as pessoas ao meu redor e o mundo?

Como isso impactará positivamente a minha vida e a pessoa que estou me tornando?

Qual o propósito maior disso tudo? 

Essas respostas te darão base para levantar a cabeça e continuar, mesmo nos momentos mais desafiadores!

  • T – Meta Temporal

Qualquer meta que se preze PRECISA ter um prazo. Chega a ser uma ofensa pra meta você chamá-la disso sem uma data para a sua conclusão.

Você precisa estabelecer um prazo e…. CUMPRIR esse prazo. Quando falamos de meta falamos também de comprometimento com o que você diz que vai fazer. Se disse que vai fazer: faça! Simples assim.

Seja uma pessoa que os outros possam contar. Principalmente, seja uma pessoa que VOCÊ possa contar consigo mesmo. Então aqui não tem essa de “adiar” o prazo. Pra isso você vai colocar um prazo que DÊ para fazer e que esteja no ritmo ideal de acordo com seu objetivo.

Lembre-se que quanto mais você protelar o prazo, mais tempo levará para alcançar seu objetivo. Isso só depende de você e o único que será afetado por essa questão não será ninguém além de você mesmo. Não adianta reclamar depois.

Qual o prazo limite para o cumprimento da meta?

Quando vou fazer essa tarefa?

Qual dia da semana?

Quantas vezes por semana?

Que horas?

Já tenho algo marcado nesse dia e horário? (se tiver, refaça o prazo).

E então, por fim, você passa para a sua agenda! =)

6. Última dica….

Se você for traçar uma meta para o ano inteiro você pode se confundir.

Quebre o ano em etapas e estipule algumas metas para o mês, para o trimestre, para o semestre e para o ano. Não adianta querer abraçar o mundo e se enrolar com tantas metas que não conseguirá cumprir. Então vai com calma. Dê um passo do tamanho das suas pernas que assim você terá um ano INCRÍVEL e com muitas transformações inéditas!!!!

Se você precisa do meu auxílio e acompanhamento profissional nesse processo, acesse o este link para entender como posso te ajudar!!

Artigos relacionados

Compartilhe este conteúdo:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Telegram
WhatsApp

Leave a Reply

Your email address will not be published.

19 − 11 =